You Are Reading

9

Assumindo curvas.

Luciana Gonzalez
Quero compartilhar o post de hoje, direcionado à todas as mulheres. Principalmente as gordinhas, Chubby e afins.
É com prazer que apresento a minha Diva, Mia Abagale Tallarico, mais conhecida como Mia Tyler (sim, ela é filha do Steven Tyler, vocalista da banda Aerosmith).
A Mia é atriz, escritora, modelo e líder no movimento de aceitação do corpo. Agora está investindo horrores em uma nova linha de roupas chamada Revolution1228. 
Pra quem quiser conhecer mais segue o site: www.revolution1228.com
Então, foi amor à primeira vista! Em todos os sentidos. Desde o momento em que passei brigando com a balança, até a própria figura e pensamentos da Mia.
Com toda essa cobrança direcionada ao padrão estético, o atual estereótipo que o mundo da moda e da publicidade escolheu como o ideal de beleza inclui corpos magérrimos. Desfilando em passarelas ou exibidos nas telas de TV, parece que, hoje, só é feliz quem tem um corpo livre de qualquer vestígio de gordura.
Para algumas pessoas é difícil a aceitação e valorização da auto imagem, desde crianças a partir dos sete anos de idade até senhoras, quando não se encaixam nesse perfil. Válido para todos os gêneros.
Não deve ser nada agradável ser ridicularizada e excluída pelo fato de não possuir silhuetas  que estão estampadas em capas de revista masculina, propagandas de cerveja,  catálogos de moda e até mesmo em paredes de borracharia.  
O importante é sentir-se bem e ter saúde meu povo!
 Lembrem-se, a beleza vem em todas as formas, tamanhos e embalagens.”








Detalhe maior é que tenho essa foto tatuada em minha coxa direita. 
“I Want Everyone To Stop Judging Others. Stop Hating. Realize That We Are All Beautiful In Our Own Ways & We Shouldn't Have To Answer To Anyone Who Thinks Otherwise. I Am Very Passionate About Body Image & Helping The World See Beauty In All Shapes & Forms. We Are All Born For Different Reasons, Therefore We Musn't All Be The Same Kind Of Person. I Want Everyone To Just Be Themselves And Tell Anyone To Fuck Off If They Say Otherwise!”

Mia Tyler.

9 comentários:

♥Viciadinha em Make♥ disse...

Amei o post!
Ela é linda!
Bjo querida! =)

Vívian Prata disse...

Oiii
Amei o seu comentário lá no meu NADA BÁSICO!
Super obrigada pelo carinho.
Vc é de Aracaju tb?

Beijo grande

Thatiana Rolim disse...

adorei esse post! eu que sou gordinha me senti super bem vendo essas fotos! ela eh linnnnnda!
xD

seu blog eh o poder! hahaha super loosho!
adorei!

ja to te seguindo!

passa no meu depois!

beijo!

http://elasopensaemaquiagem.blogspot.com

✿Daia Love Make Up✿ disse...

Amei a matériaa...
Sou gordinha e ja passei por muita discriminação...até mesmo da família tipow "Ah se vc naum emagrecer vc naum vai casar"
aff...kkkkkkk
Ja sou seguidora do blog...
passa la no meu e se gostar segui eu tbm *.*
Bjus.
http://daialovemakeup.blogspot.com/

Satine Fashion disse...

achei digno esse post(assim como todos os outros ;) ter um corpo magérrimo pode ate ser padrão de beleza, mas o importante mesmo, eh vc esta saudável, e se sentir "gostosa" usar roupas q valorize suas curvas e ser feliz.
=*

Ju Almeida disse...

Não sou nem um pouco adepta da moda de meninas magérrimas, e não acho nada saudável! Desde que a saúde esteja em dia não vejo problema em estar acima do peso!

nany disse...

sou gordinha e nunca tive problemas com vergonha e talz, sempre me achei linda e magavilhosa. e tive muitos namorados /chupasandy

A disse...

Parabéns pelo post!
Estando com a saúde em dia, que mal há em ser gordinha?

Ligia Cardoso disse...

eu sou gordinha e nao tenho receiod e mostrar minhas curvas hahahaha

 
Copyright 2010 Rica Phyna